Main menu

Cama Compartilhada

3 set 2014
Share Button

384795_301069599917456_513958613_n

 

 

 

Muito tem se falado hoje em dia sobre Cama Compartilhada!

 

 

Há mães q discordam, e outras q adoram a ideia de poder dormir juntinho com os filhos.

 

Mas há muito o que falar sobre cama compartilhada.

 

Alguns médicos até condenam a prática

 

 

 

Quando meu filho era bebê não me lembro de ouvir falar sobre cama compartilhada.

 

Mas o bercinho de início ficava do lado da minha cama.

 

Lembro-me q quando ele completou três meses, nos mudamos para uma outra cidade  e acabei deixando o berço.

 

Assim que cheguei, logo nos primeiros dias ele dormia entre meu marido e eu na cama.

 

Até que um dia acabei deixando ele na ponta, o que foi um grande vacilo meu…:(  coloquei um travesseiro e dormi.

 

Já devem imaginar o resultado não?

 

Algumas horas depois  estava eu no hospital, pois o Matheus havia caído da cama. O susto foi tão grande que nem me dei conta da roupa que estava vestida. Só me dei conta mesmo depois do susto já ter passado.

Lembro-me que nesse mesmo dia comprei um novo berço para ele e coloquei no quartinho que havia preparado para ele.

Mas se fosse hoje numa outra experiência, acredito que faria sim, o uso da cama compartilhada, mas só até completar um ano de idade.

 

 

 

*Vejam algumas dicas de cuidado

 

 

J- Sua cama deve ser absolutamente segura para seu bebê.

 

J A melhor escolha é colocar o colchão no chão, com a certeza de não existir nenhum vão onde seu bebê possa ficar preso. Tenha certeza de ter um colchão plano, firme e liso.

 

 

J Não permita que seu bebê durma em uma superfície macia, tal como cama d´água, sofá, colchões com a parte superior almofadada, poltronas em formato de “pufe” do tipo que se moldam ao corpo, ou qualquer outro móvel com estrutura flexível que possa ceder.

 

 

J- Tenha certeza de ter lençóis sob medida, que permaneçam seguramente ajustados e não se soltem em caso de puxados.

 

 

J Se sua cama for elevada do chão utilize uma grade de segurança de estrutura entrelaçada para prevenir seu bebê de rolar para fora da cama e seja especialmente cuidadosa acerca de não existir nenhum espaço entre o colchão e a guarda da cabeceira da cama ou a guarda dos pés da cama.

 

 

J  Se sua cama é posicionada contra uma parede ou outro móvel verifique-a toda noite para ter certeza de que não existe nenhum espaço entre o colchão e a parede ou o móvel aonde o bebê possa ficar preso.

 

 

J  A criança deve ser colocada entre a mãe e a parede ou a grade de proteção.

 

J  O pai, irmãos, avós e babás não possuem a mesma consciência instintiva da localização do bebê como sua mãe.

 

 

JMães: prestem atenção a sua sensibilidade pessoal ao bebê. O seu pequeno deve ser capaz de acordá-la através de um barulho ou movimento mínimo – normalmente até mesmo uma fungada ou ronco é suficiente. Se você descobrir que dorme tão profundamente que somente acorda quando seu bebê emite um choro alto, considere seriamente mudar o bebê para fora de sua cama, talvez para um berço próximo ou ao lado de sua cama.

 

 

J Utilize um colchão bem grande para fornecer amplitude de espaço e conforto para todos.

 

 

J – Considere a possibilidade de uma arrumação de “cama acoplada”, aonde o berço ou segunda cama posiciona-se diretamente ao lado da cama principal.

 

 

J   Remova todas as almofadas e cobertores durante os primeiros meses.

 

 

 

J Utilize extrema precaução quando introduzir almofadas ou cobertores, a medida que sei bebê fique maior.

 

 

 

J Vista o bebê de forma aquecida para dormir. (Uma dica para mamães que amamentam: como camiseta de baixo e para manter-se mais aquecida, vista uma camiseta comum ou de gola role antiga cortada pelo meio em direção à linha do decote). Tenha em mente que o calor do corpo aumenta o aquecimento durante a noite. Tenha certeza que seu bebê não ficará superaquecido.

 

 

 

J   Não durma com seu bebê se você tiver bebido álcool, se tiver usado qualquer droga ou medicação, se você em especial costuma dormir profundamente ou se está sofrendo privação de seu sono e acha difícil acordar-se.

 

 

J – Não vista roupas de dormir com cordões ou fitas compridas. Não use jóia e se seu cabelo for longo, prenda-o para cima.

 

 

J – Não utilize perfumes ou loções de aromas fortes que possam afetar os sentidos delicados de seu bebê.

 

🙂 Vejam alguns exemplos de Camas Compartilhadas:)

10474740_799317456759332_8468827059297401261_n2401608168_1662bc15f1OLYMPUS DIGITAL CAMERA

imagesOgAAAPWB57OHmoQQX4sxYA4Ys_zM_drT-kDGLR7JY-dZyyJd_Qs4oDUYnm-FlDs_YGouPHYsC6R9SL9xvjyPb1iQK1AAm1T1UBF4A-GFmtVEC_IU1hHv5Bi7xf_Lco sleeper 1moisés-na-camamasterbedroom_cosleepere100cd12a3b83fea991e61e9d4487a85ff548534d821362737dd1c52342fbce6co sleeper 7

 

Espero que tenham gostado queridas amigas!!

 

Beijos,Roberta

Share Button
Roberta Carvalho Roberta Carvalho (107 Posts)

Sou casada e Mãe de um adolescente.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *