Main menu

O Que Nossas Crianças Estão Lendo?

19 jul 2014
Share Button

ArquivoExibir

 

É extremamente importante sabermos o que nossos filhos veem e leem.  Achei super interessante este artigo que fala sobre o Livro Infantil de nome ” A Máquina de brincar”.  Leiam!!!

Livro infantil causa revolta por apresentar o Diabo como “um bom parceiro”

 

 

Todos conhecem os benefícios da leitura para crianças: promove o saber, a imaginação e liberta de preconceitos.

Porém, um livro infantil tem gerado a revolta de alguns pais brasileiros. “A Máquina de Brincar”, da editora Bertrand, escrito pelo gaúcho Paulo Bentancur, apresenta o Diabo como uma figura simpática e um bom parceiro. Em um país de imensa maioria cristã, o tema causou polêmica.                  

    A obra divide-se em duas partes e também fala sobre Deus.   ‘Para Ler no Claro’,   com páginas brancas, traz poemas mais leves.

Enquanto ‘Para Ler no Escuro’, em páginas pretas, traz textos intitulados como “O Diabo que me carregue” e questionamentos acerca da existência de Deus. “Sossega! Vão falar mal aqueles que não estão contigo. Que não foram convidados pelo diabo, meu grande amigo”, diz um dos trechos do livro.

“Quis fazer um livro diferente. As crianças de hoje são inteligentes, gostam de suspense, de figuras lendárias. E qual o problema de brincar com Deus e o diabo?     Não faço apologia ao demônio, apenas brinco com o lado bom e o lado mau das coisas”, afirmou o autor ao Jornal de Brasília. Paulo Betancur ainda explicou que sua intenção era a de brincar com os mitos em torno de Deus e do Diabo de forma descontraída.   ( Trechos retirados de uma página na internet )   Vejam,abaixo  algumas imagens das Páginas do Livro:

 

deus a maquina de brincar Livro infantil distribuído em escolas chama diabo de “amigo” e Deus de covarde   deus pequenininho a maquina de brincar Livro infantil distribuído em escolas chama diabo de “amigo” e Deus de covarde   diabo que me carregue a maquina de brincar Livro infantil distribuído em escolas chama diabo de “amigo” e Deus de covarde

 

Nas últimas semanas, um livro para crianças de 5 a 9 anos causou polêmica entre pais, educadores e escritores.

 “A Máquina de Brincar” (Editora Bertrand), do escritor Paulo Bentancur, ganhou as redes sociais depois que uma mãe divulgou trechos de dois poemas da obra.   Segundo ela, o texto convida as crianças a serem amigas do diabo, ao mesmo tempo em que questiona a existência de Deus.    As fotos do livro em questão, com o depoimento da mãe, já têm mais de 60 mil compartilhamentos no Facebook.   A Máquina de Brincar reúne 25 poemas para o público infantil.

 

Este livro está causando polêmicas entre  país, mas há também os que defendem o conteúdo do livro e até concordam com o que está escrito nele,  defendendo o direito de liberdade das crianças quanto a leitura.

 

Vivemos em um país com liberdade de expressão, de opinião e de escolha.        Os autores tem o direito de escrever, e nós como leitores,como pais, temos o direito de aceitar ou não.

É lógico que temos que incentivar os filhos a lerem.  Mas, eu acredito que como pais responsáveis que somos, adultos, temos sim que orientar nossos filhos quanto ao que leem e veem.

Crianças precisam de direção, de alguém que lhes mostre o caminho, que lhes oriente.   Quem melhor para fazer isso se não os pais?    A verdade é que nossos filhos vão aprender aquilo que quisermos que eles aprendam, ou sejam somos como uma bússola para eles.

É na infância que os pequenos começam a formular a própria opinião sobre valores morais e caráter.     Então temos que ter cuidado com o que ensinamos a nossos filhos.   Depois quando adolescentes ou já adultos, fica muito difícil mudar algo que foi formado neles durante toda a infância.

Bom, mas muitos pais não veem problema nisso.

Bom, minha opinião quanto ao livro.  Não se trata de religião.   Mas, não quero que meu filho tenha este pensamento a respeito de Deus. ( pequenino, criança, covarde) e quanto ao diabo ( amigo)??

Honestamente, eu não vejo o porque de ensinar uma criança a gostar do diabo.    No livro fala ( lágrimas de sangue, filme de terror).   Não entendo o porque disso para uma criança.   Eu acredito que nenhum pai ou mãe com mínimo de bom senso iria querer o filho lendo um livro onde os poemas chamam o capeta para ser seu amigo.

Mas, para o autor isso é algo normal.

Mas, cada um tem sua opinião e temos que respeitar. Bom, muitos pais gostaram do conteúdo do livro e compartilharam com os filhos. Eu não  aprovo e não compartilho com o meu filho.   Na verdade, se ele demonstrasse algum  interesse em ler o livro, deixaria ele ver, mas sei que ele não concordaria com nada que diz no livro.

Pois sei que não sou uma mãe, nem mulher perfeita, mas se tem uma coisa que o tenho ensinado desde pequeno  dentre outras coisas é respeitar a Deus, porque Ele existe sim, e deve ser respeitado!!!

Que nós venhamos sempre ensinar os nossos filhos com amor, e estejamos sempre atentas a eles.

Beijos, Roberta

Share Button
Roberta Carvalho Roberta Carvalho (107 Posts)

Sou casada e Mãe de um adolescente.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *